Ministério Educativo Visão de Águias

Ministério Educativo Visão de Águias

junho 11, 2017

23ª LIÇÃO DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS


12º capítulo = A Liderança na Vida de Jesus

A Liderança que Jesus expressava demonstra excelência, e influencia corretamente a vida de seus seguidores. Jesus dava crédito a quem merecia o crédito; e sinto que Deus me toca o coração de mencionar isto aqui. Jesus usava a Palavra escrita dos Salmos, Profetas e as leis de Moisés dizendo ouviste que foi escrito; porém ele não mencionava o nome do ser humano que Ele mesmo havia usado para escrever aquilo. Temos que lembrar que Jesus é a Palavra viva que vem do Céu. Necessitamos lembrar que ao mencionar as Escrituras = A PALAVRA, Ele mencionava a si mesmo. Jesus fazia coisas que, se ele estivesse em nosso meio atualmente ele seria processado; ou seria levado a justiça por usar de material escrito pelos ilustres escritores da Palavra De Deus No Antigo Testamento, e não dar o crédito a eles; isto é autor humano, que na verdade apenas eram instrumentos usados por ele mesmo para escrevê-la. Como de fato os líderes religiosos tentaram prender ele muitas das vezes, pelo fato que se sentiram agredidos. Tanto é que na época não apenas processaram-no, como também o mataram na cruz do calvário.  Isto aconteceu por um lado pelo fato que não reconheceram que o Deus-Filho, o Messias que eles aguardavam, estava diante deles.
A minha ênfase é no fato que Jesus cumpriu tudo que sobre ele foi escrito nas Escrituras e ele as citou e as cumpriu. Acredito eu que devemos citar a Palavra de Deus da mesma forma atualmente; dando o crédito a quem de fato ele pertence. Quando Deus usa a mim ou a você, devemos dizer: Deus usou ... e em seguida mencionar o vaso o qual Deus usou e citar ao assunto que queremos nos referir. Quero em seguida dar alguns exemplos dos quais estou me referindo. Em Lucas ele diz: “como Isaías falou a seu respeito o que Ele iria fazer na terra e como Seu Pai o usaria”. Ou por exemplo, não lemos ele falar: “Moisés foi muito eloquente quando ele escreveu todas aquelas leis e instruções que ele recebeu de Yavé”.  Jesus falava que estava escrito, e com isto indicando que era a Palavra de Deus, e não de autoria humana.
Outro exemplo: Jesus mencionava os escritos do Antigo Testamento e você nunca vai ler onde Jesus deu toda referência; e dando a cotação do autor; porque ELE mesmo era o autor. Ele usava os ensinos do passado e ele dizia: “você ouviu dizer que está escrito e ele dizia o que ele estava mencionando”. Jesus é a Palavra, e Ele tem direito de usá-la como bem lhe parecer. Agora, por favor, não me entenda errado; devemos obedecer à lei, e eu concordo em darmos a fonte de onde tiramos o assunto que mencionamos, eu sou contra plagiarismo. Porém, eu creio que a Igreja atualmente esta exagerando um pouco com isto, errando o alvo de Deus nisto. É de extrema importância ressaltar o fato que, muitas vezes em meios cristãos, é dada a atenção a uns 30 autores que são mencionados na bibliografia e em “cotações” e assim por diante ao trazer a mensagem de Deus; onde o Espírito Santo de fato deve ser o principal Autor da mensagem. É o Espírito Santo que falou através destas pessoas, portanto, o autor é o Espírito Santo, que usou fulano de tal; e assim por diante. Veja por exemplo em Mateus nos capítulos que conhecemos como o famoso “Sermão da Montanha” ali vemos Jesus falando o seguinte: Mt 5: 21 “Ouviste que....” Também nos versos 27,33, 38,43  ele começa com a mesma maneira de falar, ouvistes que foi dito, e assim por diante; Jesus menciona o que foi dito sem dar ênfase a quem escreveu isto de fato. Eu sei que Ele pegou o livro do profeta Isaías e ele leu nele. E vemos que ele da à fonte de onde leu, isto é mais que correto, e com certeza devemos fazer isto.
Devemos dar a fonte, devemos ser fiel àquilo que a lei diz que devemos fazer. Porém, quando no meio de nossa Igreja, não podemos ser reconhecido como Teólogo a não ser que completamos uma Tese que, exige assim umas exageradas e inúmeras listas de exigência de reconhecer o que pessoas escreveram quando na verdade queremos defender a Palavra de nosso Deus, que ele veio nos trazer; a qual ELE mesmo proferiu. O que é que nos intitula como teólogo diante de Deus? Não é o fato que ELE nos conduz em sua Palavra, nos chamou e nos fez pescadores de homens? O Fato que ele vive em nós e nós nele, e que somos embaixadores dele, e que ele fala através de nós!!!  Na passagem acima Jesus fez cotações do Velho Testamento, ele diz o que foi dito, porém ele não fala quem escreveu e nem em qual livro estava escrito. Porque, ELE fez entender que o Autor era o Espírito de Deus, que estava no céu e não a pessoa a qual Deus usou para escrever o mesmo. Eu penso que Jesus quis nos dar uma enorme lição nisto. Quando se trata do fato que Deus nos usou para escrever algo, não somos o autor e sim o instrumento usado por Deus. com todo este processo de proteger o que escrevemos corremos o risco a não dar a autoria a quem de fato é merecedor. Quero ressaltar vários itens em que os cristãos transgridem a lei de Deus neste sentido.
Vamos dar reconhecimento a quem merece recebê-lo; isto é: AO NOSSO DEUS!!!!!!!. Afinal quem aprova você ou eu como pessoa que Deus usa e que nos faz eloquente em falar a Palavra de Deus? Os profetas do Antigo Testamento não fizeram nada do que se exige hoje em dia, não escreveram uma tese para ganhar seu título de doutor e muito menos tiveram que provar com inúmeras bibliografias que estão defendendo corretamente o que querem dizer. Porém, todavia, contudo Deus os usou para falar ao mundo todo a sua Palavra!!!
Quando Moisés perguntou a Deus: “como vou saber se o profeta que vem falar a mim veio de Deus”? E Deus disse: “quando aquilo que o profeta falou acontecer; foi Deus que falou”. A autoridade exercida por um servo de Deus, profeta de Deus vem do próprio Deus. O Espírito Santo confirma o fato que Ele está usando a pessoa. O que foi que Deus respondeu a Moisés, você sabe? “Quando o profeta falar em nome do Senhor, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o Senhor não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele” Dt. 18:22.  Dt. 13:3 – “Não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos; porquanto o Senhor vosso Deus vos prova, para saber se amais o Senhor vosso Deus com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma”. O fato a ressaltar aqui é que se a fonte não for Deus, não devemos usá-la. Quando Deus usa o profeta devemos falar e Deus usou fulano de tal, para dizer o seguinte: ... e dar a referência de onde tiramos a mensagem. É assim que eu compreendo a palavra de Deus, assim devemos dar as nossas fontes de pesquisa.
 
 
 
A Paz do Senhor,
Que Deus lhe abençoe imensamente.
Autora do Capítulo Missionária Antonina Penner.
 
DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS
Jr. 3:15 “E Dar-Vos-Ei Pastores Segundo O Meu Coração, Os Quais Vos Apascentarão Com Ciência E Com Inteligência”
 
A. PENNER PUBLISHING
Copyright...  
DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS
ISBN NUMBER:  978-0-9881063-2-1
 
 
 

maio 27, 2017

22ª Lição Conforme o coração de Deus.

 

 

22ª Lição Discipulado comforme o Coração de Deus.

Áreas que Jesus foi tentando:
§  A primeira área foi a fome, = necessidade física.     
§  A segunda área foi a de tentar ao seu Deus e se lançar do alto da montanha para que desta feita Deus fosse obrigado a fazer o que prometeu. E Jesus se posicionou dizendo: Não tentarás o Senhor teu Deus.
§  Terceira área = Satanás sugeriu que Jesus o adorasse e em troca daria tudo a ele. E Jesus agiu correto conforme a vontade de Deus não cedendo ao que satanás falou, e sim Jesus repreendeu ele.
Com certeza devemos vigiar muito, porque se Jesus Cristo foi tentado nestas áreas, com certeza seremos tentados também. E como devemos reagir quando isto acontece? Jesus um dia falou a seus discípulos que eles eram para orar para não cair em tentação. – “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca” Mt. 26:41. Jesus tinha o conhecimento do fato que se satanás tentou a ele, ele tentaria a todos; porque ele iniciou isto com Adão e Eva. Jesus nos alerta em todos os sentidos para que sejamos sábios.
Conscientizar-se de quem somos e o que conseguimos fazer por nossos esforços é muito importante. A auto conscientização é necessária para cada um de nós. É muito importante que temos noção de como somos em nosso íntimo. Mas, acima disto vem o que Jesus ensinou... vigiai e orai, para não entrar na tentação; em todas as áreas da vida. Se, cada ato e gesto e pensamento for colocado numa balança, qual seria a média que alcançaríamos? Nossa análise é se somos ou não segundo o coração de nosso Deus. Todos nós somos como vasos de barro na mão do oleiro. Devemos almejar ser um vaso de honra para Deus. Nesta auto conscientização devemos aprender o que Jesus quis dizer quando falou que sem Ele nada podemos fazer. Não é suficiente como ser humano conseguirmos chegar ao ponto de ser um profissional perfeito. No reino de Deus não se trata disto, e sim de algo muito superior a isto; servir ao perfeito que veio fazer morada em nós.
Se, cada um tivesse que fazer uma prova sendo tentado como Jesus foi tentado, quem de nós passaria o exame? Eu acredito que se fossemos enfrentar este exame apenas com nossa capacidade, todos, sem exceção iríamos falhar neste teste. Creio que Deus registrou esta experiência de Jesus nos Evangelhos que Ele nos deixou para que possamos através desta alerta ser sábios e buscar a Deus; quando formos tentados. Jesus sabia também que o diabo iria com sua voz tentar nos seduzir. E, Jesus nos deixa escrita mais uma lição para que possamos evitar cair nesta cilada. A Bíblia nos diz que quem recebe a Jesus que ele e o Pai vêm fazer morada nele. Jesus também nos ensina que as suas ovelhas ouvem a sua voz, e que elas o seguem. Vamos postar a passagem aqui para conferir.

Jesus o bom pastor foi exemplar em todas as áreas.

Ser um bom pastor constitui em ser exemplo em todas as áreas, agir conforme ensinamos; senão nos tornamos hipócritas. Jo.10:1-6 “NA verdade, na verdade vos digo que aquele que não entra pela porta no curral das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador. Aquele, porém, que entra pela porta é o pastor das ovelhas. A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz, e chama pelo nome às suas ovelhas, e as traz para fora. E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. Mas de modo nenhum seguirão o estranho, antes fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos. Jesus disse-lhes esta parábola; mas eles não entenderam o que era que lhes dizia”.
Jesus ensinou claramente como saber se é Ele quem fala através da pessoa, porque ele nos ensina aqui, que as ovelhas ouvem a sua voz. Enquanto não temos conhecimento daquilo que se passa no reino espiritual, não nos damos conta que existe confronto nesta área. Que existe guerra no reino espiritual. Uma vez que temos recebido este entendimento reagimos completamente diferente. Quando Jesus abriu os olhos deles, de repente compreenderam o que ele lhes explicou naquela hora. Ninguém nasce sabendo, é um processo = um aprendizado, e no reino espiritual não é diferente. Quando um servo ou uma serva de Deus é usado pelo Espírito Santo, os ouvintes saberão ouvir se é Deus falando através desta pessoa ou não. Se, a pessoa de fato recebeu Jesus como está escrito em Jo. 1:12, Jesus e o Pai vieram fazer morada dentro dela; portanto, Jesus se refere a estas pessoas como suas ovelhas, e elas ouvem a sua voz. Nesta passagem Jesus segue explicando que: Mas de modo nenhum seguirão o estranho, antes fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos. Jesus disse-lhes esta parábola; mas eles não entenderam o que era que lhes dizia. Uma líder conforme o coração de Deus, em primeiro lugar procura agir assim como, Jesus agia. Jesus posicionava-se sobre o fato que Ele veio fazer a vontade de seu Pai que está no Céu. Eu, você e cada líder na Igreja de Jesus deve se posicionar como Jesus o fez.
Enquanto escrevo isto aqui, me  lembrei de alguns versos que o apóstolo Paulo escreveu ao se referir a imitar; e vamos citá-los aqui:
• 1 Co. 4:16 – “Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores”.
• 1 Co. 11:1 – “SEDE meus imitadores, como também eu de Cristo”.
• Ef. 5:1 – “SEDE, pois, imitadores de Deus, como filhos amados”;
• Fp. 3:17 – “Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam”.
• 1 Ts. 1:6 - “E vós fostes feitos nossos imitadores, e do Senhor, recebendo a palavra em muita tribulação, com gozo do Espírito Santo”.
• 1 Ts. 2:14 - “Porque vós, irmãos, haveis sido feitos imitadores das igrejas de Deus que na Judéia estão em Jesus Cristo; porquanto também padecestes de vossos próprios concidadãos o mesmo que os judeus lhes fizeram a eles”.
• Hb. 6:12 - “Para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas”.
Imitar aqueles que agem corretamente segundo a Bíblia, é bíblico, o apóstolo nos admoesta neste sentido. Devemos buscar líderes que agem de acordo com o coração de nosso Deus e aprender com eles. Estes versos acima nos ensinam como é bom termos diante de nós alguém que seja um líder íntegro segundo o coração de Deus; e a estes exemplos com certeza devemos seguir. Comparando isto com os versos que Jesus falou que suas ovelhas ouvem a voz dele, acredito que nós devemos ouvir a voz do Espírito Santo falar conosco; quando alguém falar que está sendo usado por Deus. Podemos nitidamente decifrar se a pessoa está sendo usada por Deus, ou se o ego dela que está falando, ou se for usado por outro espírito. Em outro capítulo iremos discorrer sobre andar em Espírito e os dons que o Espírito Santo nos dá. O Espírito Santo nos guia em toda a Verdade.
 
Um dos dons que Deus dá a Igreja de Cristo, é o dom de discernimento de espíritos. Cabe à igreja buscar a Deus, quem ela coloca como líderes na igreja local. Se a liderança não for íntegra diante de Deus, ela não poderá conduzir a igreja em integridade. Pessoas nos observam quando dizemos que somos cristãos. Algum dia você já meditou sobre o fato como os outros te enxergam? Se, você fosse comparado com um vaso, assim como é descrito em Jeremias capítulo 18; com qual dos seguintes vasos você seria avaliado? Será que eu e você seriamos descritos assim como Davi foi descrito? A Bíblia nos compara com vasos de barro. Qual tipo de vaso será que eu sou? Em minha conduta será que eu ajo em cima da Palavra de Deus e sou íntegro para não deixar margem para mau testemunho? Será que as pessoas vêem que eu estou firmado na rocha quando estou me conduzindo diante deles?
As pessoas que visitam nossa igreja observam a liderança, os membros, e a todos de forma geral. É desta forma que a pessoa decide se ela quer ser transformado em alguém como todos ali estão ou não.  Se, eles não puderem enxergar a Deus em nossa igreja, irão sentir vontade de abandonar o local. O corpo de Cristo é responsável pela reputação da igreja local. Deus é amor, e quando Jesus é a Cabeça da igreja local; como o deve ser, as pessoas vão se sentir amadas por Deus. O bom pastor deseja que todos que entram em sua casa; a casa de oração na qual pessoas de todas as nações deveriam vir, e deve refletir o bom pastor = o amor de Deus. 
Liderança íntegra é aquela que reflete o Amor Genuíno de nosso Amado Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Portanto, o que vem a ser: liderar conforme o coração de Deus? É necessário que o líder tenha conhecimento de si mesmo e de sua personalidade; diante de Deus. Vamos comparar a liderança cristã com o que a Bíblia diz. A Palavra de Deus nos diz que aquele que nasceu de novo da água e do Espírito Santo, Deus nele está e ele está em Deus; e Palavra de Deus está nele; conforme o próprio Jesus nos ensinou. Confira: Jo 15:3-4 “Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado. Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem”.
A Função do Líder íntegro segundo o coração de Deus é: liderar o seu rebanho, as pessoas que são nossos liderados no Caminho, na Verdade, e na Vida que é Jesus; você só pode levar as tuas ovelhas ao Pai do Céu através de Jesus. Jo. 14:6.  Um líder que está em Deus e Deus nele está dá muitos frutos, porque sem Deus o líder pode fazer nada. Sem Jesus o líder não dá frutos. Tanto eu quanto você somos embaixadores de Jesus Cristo aqui na terra. “De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus” -2 Co. 5:20.
Unindo estas verdades:
1 - Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado. Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem.
2 - De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.
Unindo estas duas verdades podemos dizer então: Que estamos limpos, pela Palavra que Jesus nos tem dito. Estamos nele e ele em nós, e que não podemos dar frutos sem Jesus se não estivermos nele. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasses. Agora sim é mais fácil de entender como podemos ser um vaso de honra. Nós a Igreja de Cristo somos embaixadores, vasos limpos, da parte de Cristo aqui na terra representando o Reino de Deus aqui.
Nossa função é liderar de tal maneira as pessoas que ainda se encontram longe de Deus, possam encontrar:
ü  Jesus: o Caminho, que leva para o Pai do Céu.
ü  Jesus: a Verdade.
ü  Jesus: a Vida.
Um embaixador representa fielmente o reino que ele representa. Liderança íntegra segundo o coração de Deus é ser um embaixador que representa fielmente nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, a Deus Pai e ao Espírito Santo; o qual habita em nós. Devemos nos apresentar como Embaixadores de Jesus Cristo a todos, amar as pessoas, e ser fiel a Deus até o final. Perseverar em fazer aquilo que Jesus nos incumbiu. Para ser um líder no reino de Deus, Jesus deixou muito claro que a pessoa devia ser um com ele, assim como, ele era um com o Pai que estava no céu; isto de fato é um vaso de honra.
Os requisitos principais são:
ü  Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado.
ü  Estai em mim,
ü  E eu em vós;
ü  Como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira,
ü  Assim também vós, se não estiverdes em mim.
Lendo atentamente estes versos de Evangelho de João 15, vemos que, ele mostra o segredo da integridade e a excelência de um servo de Deus, pois foi limpo pela Palavra de Deus. Jesus em seguida mostra que além de ser necessário ser limpo também precisa estar unido com ele para dar frutos. Um servo de Deus jamais poderá fazer a obra do reino dos Céus, se ele não tiver a mesma comunhão com Deus como Jesus o praticava. Isto com certeza são importantes e inegociáveis princípios bíblicos sobre a liderança cristã. Oh glórias, aleluias, louvado seja nosso eterno Deus; o Pai de nosso eterno e amado Salvador e Senhor Jesus Cristo! É praticamente impossível alguém ser um líder sem ter um profundo conhecimento deste fato, se ele está em Cristo e Cristo nele está. Este princípio começa em casa, e acredito que nenhuma pessoa consegue viver como líder íntegro na sociedade diante das pessoas se em sua vida pessoal ela não age de acordo com estes princípios. Tudo que somos e fazemos diante do público, inicia-se em nossa vida pessoal.
Assim como a pessoa é em seu íntimo, isto ela vai demonstrar publicamente.  É muito importante conhecer-se a si mesmo perante o seu Deus.. Jesus disse: O que o coração está cheio.. sai pela boca. “Raça de víboras, como podeis vós dizer boas coisas, sendo maus? Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.” – Mt. 12:34. É muito importante analisarmos isto. Se nosso coração está cheio de desgosto, obviamente isto irá ser denotado em nosso falar. E Jesus nos ensina a refletir nisto, pois é impossível esconder o que existe dentro de nós. Existem as pessoas que conseguem disfarçar por algum tempo muito bem. Davi pensou que ele poderia esconder seu pecado. Mas, um dia Deus o confrontou.
E Davi começou analisar-se diante de seu Deus Davi no Salmo 139:23-24 pede a Deus para que este venha sondar o seu coração. Davi tinha um alvo dentro em seu coração e ele em sua vida buscou a ser conforme o coração de seu Deus. Davi errou, como todos nós erramos; porém quando isto acontecia e sentia Deus o corrigir... o que ele fazia? Buscava a Deus e orava. Porque Davi faria esta oração, se ele de fato não quisesse ser conforme o coração de Deus? Após longos anos de convívio com seu Deus, ele começa analisar os preceitos que ele aprendeu e ele questiona-se, sobre muitas coisas.  Neste Salmo ele tem uma íntima conversa com seu Deus conforme seu hábito. Ele inicia o salmo dizendo que Deus o conhece, e que Deus o sonda. Como que uma pessoa descobre o fato que Deus sonda o seu coração? As perguntas que citamos acima, estas foram na verdade perguntas que Davi também questionava. Qual será minha função como líder segundo o coração de Deus? Como posso alcançar a capacidade de liderar? Como posso ser um líder segundo a Palavra de Deus? Davi encontrou estas respostas na Palavra de Deus, e quando ele buscava ao seu Deus em oração, num convívio íntimo com seu Deus.
Lembre naquela época apenas existiam as leis de Moisés. Davi e vários outros salmistas foram usados para escrever os Salmos. Quantos de nós atualmente buscamos desta feita ao nosso Deus para sermos um ser humano segundo o coração de Deus? A maioria busca excelência com qualidade em tudo que fazem para alcançar as melhores posições na sociedade. Muitos se apresentam como íntegros, mas será que Deus iria dar-lhes o testemunho como deu a Davi? Em Atos 13 Paulo fala que Deus deu testemunho de Davi, dizendo que era segundo o seu coração. Digamos que fosse marcada uma entrevista para o emprego, e esta seria feito pelo próprio Deus. Imagine por um momento; eu, você e líderes na casa de nosso Deus sermos avaliados por Deus.
Será que Ele testemunharia de cada um de nós que somos:
ü  De Caráter excelente?
ü  Segundo o coração de Deus?
ü  Humilde?
ü  Correto?
ü  Sábio?
ü  Obediente?
ü  Confiável?
ü  De boa conduta?
ü  Íntegro?
ü  Irrepreensível?
Encontramos diversos líderes na Bíblia, como Davi, Moisés, Neemias, José, Josué, Isaías, Jeremias e outros. Estes líderes tinham um claro e preciso conhecimento de si mesmo, de seu chamado, das suas virtudes, quanto de suas fraquezas e limitações. O líder cristão conhece sua identidade; ele sabe quem ele é em Cristo e quem ele é na carne. Ele aprende em sua caminhada com Deus a conhecer-se e reconhecer suas fraquezas. O líder poderá trabalhar melhor e superar as crises e circunstâncias, quando ele é completamente dependente de Deus. 
O líder sabe que é chamado por Deus e quais são os dons e ministérios que o Senhor lhe concedeu. Ele conhece porque ele ouve a voz do sumo pastor que é Jesus guiando ele em cada passo. O líder conhece o nível e a extensão de sua autoridade, ele conhece seu exato lugar no plano geral de Deus; e na igreja local. O autoconhecimento é um princípio-chave para o desenvolvimento na liderança. O líder deve saber quem ele é, e qual a sua missão e chamado. Conforme mencionado anteriormente Jesus sabia quem ele era, porém se sujeitava em submissão ao Pai; pois segundo Ele e a Palavra de Deus, foi para este fim que Ele veio ao mundo. Aleluias, oh glórias.
 
A Paz do Senhor,
Que Deus lhe abençoe imensamente.
Autora do Capítulo Missionária Antonina Penner.
 
DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS
Jr. 3:15 “E Dar-Vos-Ei Pastores Segundo O Meu Coração, Os Quais Vos Apascentarão Com Ciência E Com Inteligência”
 
A. PENNER PUBLISHING
Copyright...  
DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS
ISBN NUMBER:  978-0-9881063-2-1
  

GOD LOVES YOU - BY REV. BILLY GRAHAM