Ministério Educativo Visão de Águias

Ministério Educativo Visão de Águias

novembro 09, 2017

31ª Lição Discipulado Conforme o Coração de Deus.







19º capítulo = SUBMISSÃO X OBEDIÊNCIA


Qual é a diferença entre submissão e obediência?
ü  Submissão é uma atitude interior;
ü  Obediência é uma ação exterior.
ü  Submissão é absoluta; obediência é relativa.
ü  Submissão é incondicional;
ü  Obediência é condicional.
Para servirmos a Deus devemos ser em primeiro lugar submisso e obediente ao nosso Deus no mesmo nível. Líderes aqui na terra se submetem geralmente; porém muitos têm uma atitude negativa contra seu superior ou são muito rebelde contra ele. Para poder servir a Deus Devemos ser submissos e obedientes aos nossos líderes aqui na terra. Isto me lembra de Miriã e Arão. Teve uma época onde os dois se indignaram com Moisés por causa da mulher dele. Creio que seja uma ótima oportunidade de meditarmos um pouco sobre submissão e obediência aqui, observando o que aconteceu na vida dos três irmãos. Moisés, Arão e Miriã os três eram usados em profecia por Deus, porém um deles era o líder constituído por Deus. Moisés se submetia a Deus e obedecia a Ele. Arão e Miriã também faziam isto, porém Deus havia colocado Moisés como autoridade espiritual sobre eles também.  Vamos analisar o que se passa em Números capítulo 12:
1  E FALARAM Miriã e Arão contra Moisés, por causa da mulher cusita, com quem casara; porquanto tinha casado com uma mulher cusita.
2  E disseram: Porventura falou o Senhor somente por Moisés? Não falou também por nós? E o Senhor o ouviu.
3  E era o homem Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra.
4  E logo o Senhor disse a Moisés, a Arão e a Miriã: Vós três saí à tenda da congregação. E saíram eles três.
5  Então o Senhor desceu na coluna de nuvem, e se pôs à porta da tenda; depois chamou a Arão e a Miriã e ambos saíram.
6  E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele.
7  Não é assim com o meu servo Moisés que é fiel em toda a minha casa.
8  Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a semelhança do Senhor; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés?
9  Assim a ira do Senhor contra eles se acendeu; e retirou-se.
10  E a nuvem se retirou de sobre a tenda; e eis que Miriã ficou leprosa como a neve; e olhou Arão para Miriã, e eis que estava leprosa.
11  Por isso Arão disse a Moisés: Ai, senhor meu, não ponhas sobre nós este pecado, pois agimos loucamente, e temos pecado.
12  Ora, não seja ela como um morto, que saindo do ventre de sua mãe, a metade da sua carne já esteja consumida.
13  Clamou, pois, Moisés ao Senhor, dizendo: Ó Deus, rogo-te que a cures.

Vamos estudar esta situação um pouco, tanto Miriã quanto Arão criam que tinham um motivo digno de se posicionar verbalmente e falar o que criam sobre o fato que Moisés havia casado com uma mulher que não era dos hebreus; ela era cusita. Lemos neste capítulo que eles falaram contra Moisés; veja os versos um e dois: “E FALARAM Miriã e Arão contra Moisés, por causa da mulher cusita, com quem casara; porquanto tinha casado com uma mulher cusita. E disseram: Porventura falou o Senhor somente por Moisés? Não falou também por nós? E o Senhor o ouviu.” E falaram contra Moissés = porcausa da mulher cusita com quem casara. 
Mas, o fato era que eles estavam rebeldes contra ele pelo fato que ele era líder sobre eles, e isto era a única coisa que acharam para falar contra ele. E disseram: Porventura falou o Senhor somente por Moisés? Não falou também por nós? E o Senhor o ouviu. Agora pensa bem, na realidade o que tem haver o fato que ele casou com a cusita e que Deus também falava através deles? Um assunto tinha nada haver com o outro na realidade. Mas, a atitude deles demonstra que eles não queriam mais se submeter ao líder e se indignaram a toa. E a passagem nos diz que o Senhor o ouviu. Deus vê tudo, Ele tem consciência de tudo, e Ele ouve tudo.
E a Palavra nos diz que Moisés era o homem mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra. Se ele era manso foi porque não era ele que iniciou a dissensão entre eles. Em seguida vemos que Deus após ouvir o que eles estavam falando vem e chama os três para uma reunião. E logo o Senhor disse a Moisés, a Arão e a Miriã: Vós três saí à tenda da congregação. E saíram eles três. Então o Senhor desceu na coluna de nuvem, e se pôs à porta da tenda; depois chamou a Arão e a Miriã e ambos saíram. E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele. Não é assim com o meu servo Moisés que é fiel em toda a minha casa.  Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a semelhança do Senhor; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés?
Deus não disse que Ele não falava com Arão e Miriã, de fato falava; mas, Ele esclareceu o fato que Moisés tinha um chamado mais elevado que os outros dois, e Deus impõe o respeito ali entre eles. Foi Deus que criou a hierarquia entre eles, e se Deus faz isto, devemos honrar e respeitar isto. Submissão a Deus e à pessoa que Deus coloca como líder. Obediência em primeiro lugar à Deus e para com a pessoa que Ele escolhe como líder aqui na terra. Não adianta obedecermos externamente quando estamos cheios de críticas internamente, cheio de ressentimentos e rebeldia. As duas coisas devem andar juntas: nós devemos ser submissos de coração e obedecer em amor, quando formos solicitados à ação. No que diz respeito à autoridade delegada, humana, nós não podemos obedecer cegamente a quem quer que seja. Não podemos obedecer a nossos líderes quando eles nos mandam fazer aquilo que viola a vontade de Deus; pois a autoridade de Deus é superior à autoridade de qualquer líder humano.
No entanto, nós podemos desobedecer e ao mesmo tempo permanecer submissos. Isto é, alguém pode desobedecer a uma autoridade terrena enquanto mantêm um espírito de humilde sujeição, respeito, e reverência, ao invés de expressar um espírito de rebelião, insulto e subversão. Tipo se a pessoa obedece as ordens do patrão, pelo fato que necessita do emprego, porém isto não significa que é submisso. Agora se submete pacificamente em respeito à pessoa que é o superior a ela, neste caso tem a reverência em questão e isto convida a obediência para ação.
Outro exemplo era a rebelião de Saul e sobre isto Deus afirma o seguinte: 1 Sm. 15:22-23 -  “Porém Samuel disse: Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniqüidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.” 
Nesta passagem vemos destacado o fato que uma coisa é rejeitar uma palavra de um ser humano; porém é bem diferente rejeitar a Palavra de nosso Deus. Vamos analisar um pouco o que Deus diz aqui ao rei Saul através do seu profeta Samuel. Vamos verificar quatro coisas que se destacam nestes dois versículos.
A primeira pergunta é: “Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do Senhor?” Saul é confrontado com a pergunta para ele analisar isto. Tem porventura..? Ele faz questão aqui de dizer que Deus na verdade não necessita do holocausto e do sacrifício. Primeira razão pelo fato que tudo aqui na terra é de Deus; é tudo criação Dele. A ênfase aqui é o fato de prioridades. A prioridade entre estas coisas mencionadas aqui é o fato que o requesito que é mais valorizado por Deus é o fato que o ser humano se submeta a Ele e a sua Palavra em obediência. Note aqui a submissão e obediência andam de mãos dados. Um não funciona sem o outro.
Deus dá a primeira observação: “Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.”  Deus precisava um rei que dirigisse o povo conforme a sua Palavra e que se submetesse a Deus e obedecesse Ele em tudo, para o bem de todos. Deus disse você era para me atender ao que eu te mandei, e não me trazer o que mandei se livrar e me sacrificar isto. Se, Deus quisesse isto, teria dito, traz todos os animais e sacrifique diante de mim. Mas, não fora esta a Palavra de Deus. Deus havia dado ordens restritas o que fazer e como. Saul desobedeceu e não se submeteu ao que Deus lhe havia ordenado a fazer. Deus esclarece para ele o fato: “Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniqüidade e idolatria.” Deus diz a ele que a rebelião é como o pecado de feitiçaria, pelo fato que as duas ações rejeitam a Deus como Deus e é feito o que outro comanda, seja no fato nosso ego ou outro espírito. Isto indica claramente que obedecemos algo ou alguém mais do que a Deus. 
E em quarto lugar Deus lhe fala as consequências deste ato dele: “Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.”  Observe a consequência de nossos atos, em Gálatas lemos o fato que colhemos o que semeamos. Saul de fato colheu o que semeou, diz a Palavra aqui porquanto tu rejeitaste a Palavra de Deus, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.  Deus tirou a liderança dele, se nós não sabemos como nos submeter a Deus e obedecer a Ele fielmente, não servimos para ser líderes em seu Reino. Vamos ler dois versos de Gálatas 6:7 e 8: “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.  Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.”  Podemos notar duas coisas aqui, primeiro, ele nos chama a atenção ao fato que não devemos nos enganar, não erre em sua decisão e seus atos. Não existe como enganar a nosso Deus. Deus tudo vê, tudo sabe. Deus não aceita escarnecimento. Agora te pergunto: Você sabe o que vem a ser escarnecer?  Vamos ao dicionário?
Significado de Escarnecer v.t. Fazer escárnio de; censurar sem piedade, ridicularizar; zombar, mofar, fazer pouco de (alguém); escarnir.
Acredito que neste caso do verso em Gálatas significa que não podemos fazer pouco caso de Deus e daquilo que Deus diz, ou desrespeitar a sua Pessoa e sua Palavra. Deus não aceita isto, se Ele disse, é para ser respeitado e efetuado. É para este fim que Deus deu a Palavra inicialmente para ser efetuada conforme dito. Os nossos atos, gestos, pensamentos, ações ou palavras que irão escarnecer a sua Pessoa; irão voltar a nós como colheita. Pois tudo que fazemos à Deus, estamos plantando uma semente que irá produzir uma colheita; seja ela boa ou má. Deus é a Autoridade Máxima no Céu e na terra, pois todo o universo e todo cosmo e tudo foi feito por ele.  O escarnecimento é algo que Deus não aceita contra sua Pessoa. Deus não é um ser humano que possamos zombar e sair ileso disto.
Quando ele fala ou age por Deus, rebelar-se contra sua autoridade é rebelar-se contra Cristo. Rejeitar as palavras de um líder quando este expressa os pensamentos de Deus, é rejeitar a autoridade de Deus. Isto sim, é pecado de rebeldia.  O Líder deve liderar pelo exemplo (João 13.12-15; At 1.1). No caso Saul rejeitou tudo que o profeta Samuel havia lhe instruído, sendo usado por Deus. De igual forma obedecemos a Pessoa que o nosso Senhor e Salvador usa. Antes de ensinar ou de fazer qualquer coisa, Jesus primeiramente mostrava o que e como fazer. Ele primeiro estabeleceu o exemplo; depois sob as suas vistas, ensinou como os discípulos poderiam praticar. Como líderes, somos chamados primeiramente para estabelecer o exemplo. Todo ensinamento deve ser fruto do que temos vivido, e não do que pretendemos viver. Ele ministrava, agia e liderava os doze discípulos, dos quais constituiu apóstolos, os quais fundaram a Igreja; através do agir de Deus neles.

O líder dever ter aprovação divina diante dos homens (Atos 2.22). Jesus foi aprovado por Deus diante dos homens. Isto significa que Deus agiu através Dele confirmando Seu chamado e unção. A unção de Deus sobre nossas vidas deve ser visível diante dos homens, através de palavras e de obras de amor, misericórdia, ajuda, cura, libertação, conselho, etc.



A Paz do Senhor,
Que Deus lhe abençoe imensamente.
Autora do Capítulo Missionária Antonina Penner.
DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS
Jr. 3:15 “E Dar-Vos-Ei Pastores Segundo O Meu Coração, 
Os Quais Vos Apascentarão Com Ciência E Com Inteligência”
A. PENNER PUBLISHING
Copyright...  
DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS
ISBN NUMBER:  978-0-9881063-2-1


outubro 11, 2017

30ª Lição Discipulado Conforme o Coração de Deus.

18ºcapítulo = Submissão total a Deus



Salomão é um excelente Rei para analisarmos aqui neste capítulo, vejamos o que se procede em seu reinado. Salomão é um exemplo que nos traz lindas lições. Ao ler no livro de 1 Reis capítulo 3 ali encontramos descrito como Salomão construiu o templo e o consagrou; e em troca disto, Deus aparece para ele em um sonho.

Agora gostaria lhe perguntar: quantas pessoas tiveram este privilégio no curso da história, de receber a visita de Deus em seu sonho que lhe diz que iria lhe dar o que ele pedisse? Salomão começou super bem, mas, a certa altura de sua caminhada ele se desviou de seguir a Deus em todos sentidos... ele prosseguiu o que a ele parecia certo...  Infelizmente. Notamos que neste mesmo capítulo mencionado Deus dá uma alerta a Salomão, vamos ler: Salomão iniciou seu ministério diante de Deus com integridade e excelência, porém certa altura de sua vida, ele se desviou do alvo.  Salomão pediu sabedoria para Deus, e Deus se agradou do pedido de Salomão. Se observarmos a vida deste rei, podemos observar que no início Salomão fez de tudo para obedecer a Deus e seguir tudo que ele havia aprendido de seu pai Davi.

Podemos observar que ao fazer o templo para Deus, Salomão dedicou tudo no templo conforme a Palavra de Deus requisitava. Salomão teve a benção de ser visitado por Deus em seu sonho e Deus lhe ofereceu que ele poderia pedir o que ele queria de Deus. E vemos como Salomão era submisso a Deus nesta época de sua vida. Ele pediu sabedoria. E, lemos na Palavra de Deus que isto agradou a Deus, e Deus lhe respondeu o seguinte: “E, se andares nos meus caminhos, guardando os meus estatutos, e os meus mandamentos, como andou Davi teu pai, também prolongarei os teus dias.” - 1 Rs. 3:14. Creio que Deus dá a todos nós este alerta. Devemos cuidar para permanecer nos caminhos de Deus e guardar os seus estatutos e os mandamentos.

Com toda certeza Salomão fez coisas boas em seu reinado, e vemos muitas coisas que ele mesmo escreveu nos Provérbios e no Livro de Eclesiastes. Tome um tempo de ler estes dois livros, e verás como de fato era muito sábio. Salomão era inteligente e recebeu de Deus a sabedoria para saber como agir em cada circunstância. Uma coisa é ter a sabedoria e outra bem diferente é aplicar a mesma corretamente. Usar esta sabedoria corretamente teria sido submissão total a Deus. Jesus era totalmente submisso a Deus-Pai. Jesus não agia sem consultar seu Pai no Céu. Salomão descreveu muitas coisas que eram experiências em sua vida. Ele errou e reconheceu e descreve as consequências. Mesmo assim, a Bíblia nos diz que no final de sua vida Salomão se desviou dos caminhos de Deus, e seu coração não estava mais totalmente com Deus; pois adorava outros deuses com as suas mulheres que não serviam a Deus. Salomão se desviou da integridade que ele tinha diante de seu Deus, e não o seguiu mais de todo coração. O verso 4 de 1 Rs. 11 nos diz que: “Porque sucedeu que, no tempo da velhice de Salomão, suas mulheres lhe perverteram o coração para seguir outros deuses; e o seu coração não era perfeito para com o Senhor seu Deus, como o coração de Davi, seu pai”. 

O que foi que fez Salomão se desviar da integridade e de ser completamente submisso à seu Deus? Era o fato da união com tantas mulheres que não eram pessoas que serviam a Deus com ele. Salomão estava em jugo desigual, com muitas mulheres incrédulas; e este jugo desigual desviou seu coração de seu Deus. Infelizmente o que leva tantos serem humanos a um final de vida onde estão longe de seu Deus é o fato do jugo desigual com incrédulo; conforme a Palavra de Deus nos ensina. Nos versos 1-13 deste capítulo lemos o triste final de Salomão porque ele não permaneceu nos caminhos do Senhor. Os versos 9-10 citam como seu coração se desviou: “Pelo que o Senhor se indignou contra Salomão; porquanto desviara o seu coração do Senhor Deus de Israel, o qual duas vezes lhe aparecera. E acerca deste assunto lhe tinha dado ordem que não seguisse a outros deuses; porém não guardou o que o Senhor lhe ordenara”. Todos nós corremos o risco de agir e reagir como Salomão fez. Mais adiante estaremos analisando detalhadamente a vida deste rei.

Só existe uma maneira de se submeter a Deus e isto é conhecendo os seus estatutos. Não vivemos mais debaixo da lei, porem a Palavra de Deus nos diz que Deus escreve a lei em nosso coração quando ele vem fazer morada em nós; ao recebermos Jesus como Senhor e Salvador de nossa vida. Jesus se firmou na Palavra que está escrita, pois quando foi tentado Ele se firmou na Palavra de Deus. E todos nós só podemos ser submissos a Deus, se de fato conhecemos sua Palavra e esta estiver em nosso coração.
Em seguida citaremos algumas passagens para destacar isso:
- Jr. 29:13 -  E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.
- Gl. 5:14 -  Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
- 2 Co. 3:3 -  Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração.
- Ez. 36:26-27 “E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. E porei dentro de vós o meu espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis.”

A Palavra nos ensina sobre andarmos nos Estatutos de nosso Deus. Vamos observar alguns destes textos:
- Gn. 26:5 - “Porquanto Abraão obedeceu à minha voz, e guardou o meu mandado, os meus preceitos, os meus estatutos, e as minhas leis.”
- Lv. 18:4 - “Fareis conforme os meus juízos, e os meus estatutos guardareis, para andardes neles. Eu sou o Senhor vosso Deus.”
- Lv. 18:5 – “Portanto, os meus estatutos e os meus juízos guardareis; os quais, observando-os o homem, viverá por eles. Eu sou o Senhor.”
- Lv. 19:37 - “Por isso guardareis todos os meus estatutos, e todos os meus juízos, e os cumprireis. Eu sou o Senhor.
- Lv. 20:8 - “E guardai os meus estatutos, e cumpri-os. Eu sou o Senhor que vos santifica.”

Lemos nos Salmos que o salmista demonstra que a lei fazia ele permanecer íntegro diante do Senhor.
Þ Sl. 50:16 – “Mas ao ímpio diz Deus: Que fazes tu em recitar os meus estatutos, e em tomar a minha aliança na tua boca?”
Þ Sl. 119:26 – “Eu te contei os meus caminhos, e tu me ouviste; ensina-me os teus estatutos.”
Þ Sl. 119:54 – “Os teus estatutos têm sido os meus cânticos na casa da minha peregrinação.”
Þ Sl. 119:171 – “Os meus lábios proferiram o louvor, quando me ensinaste os teus estatutos.”
Þ O profeta Zacarias nos escreve: Zc. 1:6 – “Contudo as minhas palavras e os meus estatutos, que eu ordenei aos profetas, meus servos, não alcançaram a vossos pais? E eles voltaram, e disseram: Assim como o Senhor dos Exércitos fez tenção de nos tratar, segundo os nossos caminhos, e segundo as nossas obras, assim ele nos tratou.”

Buscar Deus de todo coração e ter a sua Palavra em nosso coração e andar nela; só assim podemos ser submissos a Deus, por amor a Ele. A preciosa lição que aprendemos com a vida de Salomão é não se desviar dos mandamentos de Deus; mas ser fiel até o fim. Infelizmente Salomão não servia Deus mais de todo coração. Deus ensina a todos nós, se você permanecer nos meus estatutos e guardar a minha Palavra, sereis meus discípulos. Guardar a Palavra requer submissão à Ele. Jesus ensinou a mesma coisa, vamos conferir os dois versos seguintes: Jo. 8:31 – “Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos;” Jo. 13:35 - “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.” 

Um líder em submissão total ao nosso Deus é aquele que permanece na palavra de Deus, e ele é verdadeiramente um discípulo de Jesus. O mundo vai reconhecer se somos discípulos pelo fato se de verdade amarmos uns aos outros como Jesus ordenou. O apóstolo Paulo se esforçava muito em conduzir seus alunos e seus discípulos no caminho a seguir; o qual ele aprendeu com Jesus; e ensina o seguinte a igreja: Ef. 6:6 – “Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus”. – A diferença é não fazer de conta na frente dos outros, para agradar as pessoas, e sim como servo de Cristo, servir de coração e fazer a vontade de Deus. Se, fizermos tudo para aparecer como ótimo líder, mais cedo ou mais tarde isto nos fará cair em nossa própria armadilha; sabe porque? A Bíblia nos ensina claramente que colhemos o que semeamos...
o   Gálatas 6:7-8 “Não vos enganeis: Deus não se permite zombar. Portanto, tudo o que o ser humano semear, isso também colherá! 8Pois quem semeia para a sua carne, da carne colherá ruína; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna.”
o   Cl. 3:22 – “Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus”.
O temor a Deus faz toda a diferença, neste caso o ego da gente se prostra diante de Deus.  1 Pe. 2:18 - “Vós, servos, sujeitai-vos com todo o temor aos senhores, não somente aos bons e humanos, mas também aos maus”.

O líder cristão é aquele que não toma a iniciativa no âmbito humano, porém aguarda o comando de Deus. Deus toma a dianteira em todas as decisões, e abre as possibilidades para a expansão do Reino e edificação da Igreja. Jesus mesmo disse que Ele iria edificar sua Igreja. Se, você sempre espera pelos outros para fazer as coisas, então você é um seguidor, e não um líder... ou talvez um líder inativo... Um líder cristão deixa Deus decidir cada passo, e ele segue as instruções e se adianta em fazer aquilo que Deus tem colocado em seu coração. Um líder cristão é um seguidor de Deus, mas é um líder de Deus sobre seu povo. Um líder busca na Palavra de Deus as respostas orando a Deus pedindo a Ele a palavra final da questão. Jesus disse que as suas ovelhas ouvem a sua voz; e os líderes escolhidos por Deus também ouvem a voz do Espírito Santo conduzindo eles. Agir conforme a Palavra de Deus, e não conforme sua própria vontade.

O líder sabe o que Deus quer e sabe onde Deus está guiando ele. Ele busca e conhece a direção de Deus para sua vida. Ele tem um rumo estabelecido; e está definido em sua vida. Ele não está testando e procurando descobrir qual é o seu chamado, sua missão; esta já foi designada por Deus. Um líder que foi levantado por Deus, jamais fará sua própria vontade; algo que ele quer conduzindo-se como ele acha correto. Vemos na vida de Saul e de muitos outros homens de Deus que agiram até certo ponto como Deus havia designado. Saul perdeu o trono porque em determinada época de seu reinado ele fez o que ele cria ser correto naquele momento. Saul desobedeceu a Deus diz a Bíblia, só que ele falou ao profeta que ele havia feito conforme Deus disse. Veja comigo em: 1 Sm. 15:10-14 “Então, veio a Palavra do Senhor a Samuel dizendo: Arrependo-me de haver constituído Saul rei, porquanto deixou de me seguir e não executou as minhas palavras. Então Samuel se contristou e toda a noite clamou ao SENHOR. Madrugou Samuel para encontrar a Saul pela manhã; e anunciou-se àquele: Já chegou Saul ao Carmelo, e eis que levantou para si um monumento; e, dando volta, passou e desceu a Gilgal. Veio, pois, Samuel a Saul, e este lhe disse: Bendito sejas tu do Senhor; executei a palavra do SENHOR. Então, disse Samuel: Que balido, pois, de ovelhas é este nos meus ouvidos e o mugido de bois que ouço?”

Deus sabia que Saul não havia executado a palavra que o SENHOR havia lhe ordenado, e sim, Saul desobedeceu. Lemos nos próximos versículos como Deus através de Samuel fala com Saul e corrige ele. Vemos que ocorre o confronto entre Samuel e Saul pelo restante do capítulo, em suma Saul querendo arguir que ele estava na razão apesar de ter feito exatamente o oposto do que Deus lhe havia ordenado.  Impressionante como Deus fala a Saul nos versos 22-23: “Porém Samuel disse: Tem, porventura, O Senhor prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar. Visto que rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei”.

Ser um líder íntegro conforme o coração de Deus é agir em cima da Palavra do SENHOR. Saul até certo ponto obedeceu, depois ele ouviu o povo que quis levar aqueles animais para casa, e Saul ofereceu em sacrifício. Deus rejeita o sacrifício e também a Saul. O fato é que Saul cria que era aceitável de fazer o que ele queria, e para cobrir com seu erro, oferece ainda os bezerros que Deus havia dito que era para acabar com todos eles. Era fruto de obras malignas, Deus deu ordem clara o que ele era para fazer. Saul agiu conforme ele queria, e na aparência se conduziu como servo de Deus, mas segundo a Palavra de Deus, ele foi desobediente ao comando de Deus. A Palavra aqui nos fala neste texto de Samuel que “Eis que o obedecer é melhor do que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar”. Deus considera isto uma rebelião contra ELE quando um servo dele age conforme seu próprio querer e depois se conduz como se tivesse obedecido. A obstinação é como a idolatira e culto a ídolos do lar. Isto segundo a Palavra de Deus é prostituição espiritual, quando trocamos nosso Deus por algo que servimos diante de nosso Deus; ao invés de ser obedientes a Deus. Pesquisei no dicionário o significado de obstinação... veja o que diz: 


Afeição excessiva às próprias convicções, ideias, pensamentos etc. (https://www.dicio.com.br/obstinacao/)  => "Afeição excessiva às próprias convicções, ideias, pensamentos etc. Grande persistência para resolver algo ou alcançar algum objetivo."
Existem os traços de caráter aceitáveis, e não aceitáveis. Quais são os traços de caráter que devemos ter os que não devemos ter. A Bíblia ensina claramente o que Deus aceita e o que não aceita. Convém cada filho de Deus se conscientizar de sua conduta diante de Deus. O caráter de uma pessoa pode ser moldado ao seguir o que o Espírito Santo nos ensina. Cada um de nós é responsável pelo que declaramos ser aceito e o que não. Ao declararmos o que é aceitável fazer dentro de nossa casa, do nosso jeito; como cristãos, devemos buscar o que Deus nos ensina em primeiro lugar. Obediência à Deus deve descrever a essência de nossa conduta, na vida pessoal, em família, em sociedade, seja onde for.


A Paz do Senhor,
Que Deus lhe abençoe imensamente.
Autora do Capítulo Missionária Antonina Penner.
DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS
Jr. 3:15 “E Dar-Vos-Ei Pastores Segundo O Meu Coração, 
Os Quais Vos Apascentarão Com Ciência E Com Inteligência”
A. PENNER PUBLISHING
Copyright...  
DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS
ISBN NUMBER:  978-0-9881063-2-1
  

GOD LOVES YOU - BY REV. BILLY GRAHAM